Residência Artística

The Opposite Studio Jingdezhen - China

2019

A experiência de estar a trabalhar nesta residência foi de facto de enorme importância para mim. O facto de estar a residir e trabalhar durante um mês inserida na comunidade local, tornou possível conhecer não só uma grande variedade de empresas e fábricas ligadas a este sector que produzem os mais diversos tipos de matériais e produtos, e com isso perceber como podemos adquirir serviços ou produtos para a elaboração de projectos, como também aprender sobre os processos de produção e diferentes técnicas utilizadas.

Iniciei os meus esboços para o trabalho que desenvolvi em JDZ  pensando nas pequenas taças e pratos Song. Interessou-me especialmente o efeito dos desenhos incisos e como o vidrado céladon trabalha sobre os mesmos.

Este vidrado foi desde sempre um vidrado que me interessou, pela sua qualidade e profundidade, nas muito variadas nuances de verdes. Nas peças que desenvolvi abordo a relação entre a escrita/grafismos e desenho/paisagem.

Trabalhei o livro enquanto objecto e suporte em diferentes abordagens.

Foram muitos os desafios que encontrei durante este processo, facto que me ajudou a aprender novas técnicas e modos de proceder.

Construí ainda novos trabalhos utilizando o papel e barbotina de porcelana. Na execução destas formas o papel é utilizado para estruturar o trabalho e depois  durante a cozedura, no forno, transforma-se em cinza e desaparece, permanecendo no entanto a sua memória. Esta técnica permite obter peças muito leves e com transparência.

No desenvolvimento desta residência houve ainda experiências que apontam novos caminhos para futuros projectos que pretendo desenvolver.

© 09/2020